Destino não é uma questão de sorte, mas uma questão de escolha; não é uma coisa que se espera, mas que se busca. (William Jennings Bryan)

Gil 2

Se a política partidária pelo país chegou ao ponto de “vaca não reconhecer bezerro”, em estados e municípios os candidatos e eleitores estão em polvorosa. Nesse ambiente de desalento recebemos a notícia de que o município de Cariacica, tenta abrir caminho e construir alternativa para os eleitores em relação aos postulantes, desde sempre, à cadeira principal da Prefeitura. O raciocínio é simples: existe uma polarização política, sempre, em todo o território nacional e, creio, em grande parte do mundo dito democrático. Lógico, em Cariacica, principalmente, não poderia ser diferente, sempre existiu. E quando chegam as eleições tudo fica ainda mais claro. Quem está no governo ou compõe sua base de sustentação é governo, evidentemente; quem faz oposição é oposição, pronto e acabou. Logo, a via para quem está no governo e pretende reeleição é considerada, por razões óbvias, a primeira via. Do outro lado, quem desde sempre faz oposição e pretende o cargo de prefeito, a segunda via. Nesse meio ou fora dele, também por óbvio, existiria espaço para uma terceira via? Uma grande parcela de militantes políticos acreditam que sim e apostam no lançamento de uma proposta alternativa, sem envolvimento com críticas pretéritas ou hodiernas, mas sugerindo mudanças para o bem comum, numa administração participativa.

Dentro dessa ótica, algumas lideranças de Cariacica perceberam um caminho, uma oportunidade (estabelecida pela discordância entre governo e oposição), para “gastar sola de sapato” e conquistar eleitores, que não querem “A” representado pelo governo, mas também não querem “B” representado pela oposição. Um movimento de Terceira Via, para aquele que simplesmente quer alternativa ao status quo, ou seja, um tipo de “C” representando alternativa, diferente de “A” e “B”, sem patrulhamento ideológico e com propostas concretas, factíveis, sem enganações do tipo “salvador da pátria”. Lógico, mexeu no tabuleiro da eleição municipal e tem ganhado espaço entre lideranças, principalmente dentre aqueles que não querem os velhos conchavos e “acordos políticos”, características ultrapassadas, cujo resultado negativo (conta) sempre fica para o eleitor, contribuinte, em última análise, o que tem levado Cariacica a sofrer anos e anos com gestões administrativas que não cumprem o prometido ou cumprem pela metade (da metade) ou nem isso. E quem encabeça esse movimento? O professor Aridelson Honório Bianchi, o Aridelson Bianchi, consagrado desportista capixaba, que inclusive, constou nas intenções estimuladas para prefeito de Cariacica, em recente pesquisa de opinião da Futura. Ele costura a Terceira Via, como pré-candidato do PSL – Partido Social Liberal, representando uma alternativa para o eleitor que não quer situação, mas também não se sente representado pela oposição.

Em sua página no facebook o pré-candidato desabafou: Estou farto e cansado de ouvir que para ser eleito Prefeito de Cariacica é preciso fazer acordos políticos partidários. Quando falamos em defender uma 3° Via estamos falando em defender e compartilhar o poder com a população. Se tivermos que ficar reféns de acordos políticos, prefiro não enganar a População tentando se dizer “salvador da pátria” com fatura a pagar ao vergonhoso estado de corrupção que estamos submetidos”. 

Nas intenções estimuladas para prefeito de Cariacica nas eleições 2016, realizadas pelo Instituto Futura: Hélder (PT) 31,9%, Marcelo (PMDB) 19,5%, Juninho (PPS) 13,5%. Marcos (Rede) 4,7%, Adilson Avelina (PSD) 2%, Messias (PT do B) 1,5% e Aridelson Bianchi (PSL), 0,7%. Muitos números e tabelas. Com partidos políticos inorgânicos e sem formação de quadros para oxigenação política, as antigas lideranças conhecidas, aparecem aos entrevistados com números compreensíveis. Resta aos eleitores, na medida em que as eleições se aproximam estudar os candidatos, sua biografia, ler nas entrelinhas, para não comprar gato por lebre, ou seja, ver o invisível, ouvir o inaudível e fazer o impossível, o que pode dar muita dor de cabeça às velhas raposas da política cariaciquense.

Gilberto Clementino
Análise política

2 Comments

  • Elbin Soares
    On 01/04/2016 12:11 0Likes

    Sinto me honrado em fazer parte dessa terceira via, que realmente esclarece um plano em benefício para a população.

  • ERNANDE ARÁUJO ALENCASTRE
    On 01/04/2016 15:47 0Likes

    É com imensa satisfação que lemos esta matéria que de forma elucidativa foi tão bem redigida. Na oportunidade enquanto Presidente Municipal do PSL, gostaria de agradecer a oportunidade que nos dá de através da impressa escrita, colaborar conosco na divulgação e disseminação desta inusitada e promissora alternativa política.

Leave a comment